NORDESTE NOTICIA

A Secretaria da Assistência Social e Trabalho juntamente com Secretaria de Saúde, Conselho Tutelar foram as ruas em uma passeata falando do sobre o dia “ D “contra o suicídio.

O suicídio pode ser causado por vários fatores, dentre eles um excessivo grau de sofrimento. É definido como a atitude individual de eliminar a própria vida. O sofrimento que o indivíduo apresenta pode ser verdadeiro ou resultado de algum transtorno afetivo, como em quadros de psicose ou depressão.

O suicídio possui definições que se alternam, se complementam, se contradizem, pois o destino do suicídio é impreciso, uma vez que o indivíduo quer acabar com a dor, a angústia, o sofrimento que vivencia, e não com a vida em si. Sofrimento este, advindo de conflitos psíquicos e internos que perturbam profundamente o indivíduo, onde ele só consegue ver a morte como última solução.

É possível dizer que o suicida, inconscientemente, se vinga de outras pessoas que o rodeia, principalmente dos seus familiares, como se atribuísse a eles a culpa de sua morte, com o intuito de revidar alguma agressão proveniente do ambiente que o fez sentir-se incapaz.

Como citado anteriormente, além da depressão, as causas mais comuns do suicídio são o desgosto pela vida, falta de sentido de viver, os insucessos amorosos e familiares. Não se trata de cabeça ou mente fraca, besteira da idade, frescura ou muito menos falta de Deus.

NORDESTE NOTICIA

Diante de qualquer manifestação de intenção ou ideação suicida, é necessário que as pessoas que estão em volta percebam, fiquem atentam, pois na maioria das vezes as pessoas que suicidam, anunciam antes com a mudança do comportamento. O suicídio, ou a morte acidental causada por atitudes autodestrutivas, foi a terceira causa de mortalidade de adolescentes em 2015, totalizando 67 mil mortes. Em sua maioria, as vítimas são adolescentes mais velhos. Fatores psiquiátricos, familiares e afetivos emocionais, são as causas principais para que o suicídio venha ocorrer de fato.

Portanto, antes que o mal venha acometer sua família, fique atento a mudança de comportamento dos membros familiares, mutilações, ações autodestrutivas, tristeza demasiada, sintomas depressivos, são alertas para a ideação suicida.

Nordeste Notícia