Welton Silva. Nordeste Noticia

Welton Silva acredita que já nasceu com o dom da arte e para ele a arte é uma “arma” dada por Deus, para que ele consiga se expressar e contribuir para um mundo melhor, sempre inspirado nos sentimentos e escritos cristãos e na humanidade. “Se queres ser universal comece pintando a sua aldeia” foi baseado nessa frase de Tolstoi que Welton começou a pintar com 12 anos sua terra natal Ipueiras, não só a cidade, seus monumentos, casas, mas também seus parentes que haviam deixado o local para trás em busca de um sonho, de uma vida melhor. Desenhista, pintor e professor de arte, Welton Silva é um jovem artista visual cearense. Teólogo de formação enveredou desde muito cedo pelos caminhos da arte. Estudou desenho e pintura com os artistas Vavá Azin e Vando Figueirêdo, logo se tornando professor de arte em seu município.

Artista premiado participou de diversas exposições coletivas em municípios do interior do Ceará (como Ipueiras, Nova Russas e Sobral) e em Fortaleza (na Assembleia Legislativa, na Casa da Arte, na Galeria Mondrian, e no Centro Cultural Belchior, onde expõe atualmente). Tem trabalhos que fazem parte de acervos públicos e privados, entre eles, destacam-se os da Secretaria da Fazenda do Ceará, do Shopping Rio Mar e Galeria Mondrian.

O Pescador de Almas – Welton Silva

Atualmente é representado pelas Galerias Suprema, de São Paulo, e, Galerias Mondrian e pré-molduras, ambas em Fortaleza. Vive e trabalha em Ipueiras como artista e professor de arte. Os coloridos de seus trabalhos retratam os seres humanos e os seus sentimentos, além dos Sonhos, nosso cotidiano e espiritualidade, sempre presente nas suas obras, devido a sua formação teológica. Welton traz com suas técnicas simples, basicamente a mista: óleo, acrílico e pastel, grandes mensagens aos admiradores do seu trabalho e esse é o seu maior incentivo, que o faz diariamente respirar, pensar e viver da arte.

Nordeste Notícia