O promotor de Justiça, Dr. Antônio Forte, reuniu-se na manhã desta quarta-feira (02) na sede do Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) com agentes de trânsito, Policia Militar, secretário de Obras, Infraestrutura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Melo Sampaio e representantes da procuradoria do Município, Dr. Lucas Rafael e Dr. Lucas Timbó, para avaliar o trabalho de fiscalização dos agentes na cidade.

Após 30 dias de abordagens nas principais ruas da cidade, ainda é comum alguns motociclistas não usarem o capacete e andarem com descarga adulterada na motocicleta. Segundo dados do órgão, 80% da população obedece as leis de trânsito em Ipueiras e parabenizam o DEMUTRAN pelo trabalho realizado.

O objetivo da reunião é minimizar os acidentes e conscientizar os ipueirenses a andarem de acordo com a lei. Obedecendo os semáforos, fazer o uso do capacete, não dirigir após ingerir bebida alcoólica e andar devidamente habilitado.

Para o promotor de justiça, Dr. Antônio Forte, o DEMUTRAN tem o apoio do Ministério Público e da Policia Militar nas abordagens realizadas. Forte, ”ressalta ainda, que os agentes de trânsito são servidores públicos imbuídos de poder público, podem prender em flagrante, dar ordem de parar, solicitar carteira de habilitação na fiscalização, prender os indivíduos pelos crimes de trânsito e destaca que o objetivo maior é evitar mortes.”

Com brevidade o trânsito será municipalizado em Ipueiras. O olhar fiscalizador da sociedade é fundamental neste momento de implantação do órgão no município.