dengue2_0O boletim epidemiológico dos casos de dengue no Ceará divulgado nesta sexta-feira, 01, confirmou mais cinco mortes em relação à semana passada. Ao todo, são 13 mortes de pessoas infectadas com o vírus da dengue. No Estado, há 17.587 casos confirmados e 63.559 notificações, destes 42.471 são considerados prováveis. Os dados são da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa).

Entre as mortes, seis do sexo feminino e sete do sexo masculino, a maioria ocorreu em adultos com idades entre 36 e 77 anos e dois (15,4%) ocorreram em crianças de um mês e 11 anos, respectivamente. Segundo a Sesa, o número representa uma redução de 53,5% em comparação ao mesmo período de 2015, quando foram confirmados 28 óbitos. Em 2016 foram confirmados 20 casos de dengue grave e 94 casos de dengue com sinais de alarme.

Além das confirmações, são investigados ainda  43 casos de formas graves, destes 37 óbitos suspeitos que ocorreram nos municípios de Fortaleza (17), Maracanaú (2), Caucaia (2), Tauá (3), Aquiraz (2), Horizonte (2) e Crato, Itapajé, Paraipaba, Ocara, Quixadá, Itaiçaba, Alto Santo e Quixelô e Maranguape com um óbito cada, que poderão ser confirmados ou descartados nas próximas semanas.

Controle vetorial

No Estado, 82  dos 184 municípios realizaram o Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (LIRAa) em abril deste ano. Destes, 26 encontram-se sob o risco de transmissão das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, 33 estão em situação de alerta e 23 apresentaram índice satisfatório.

Nordeste Notícia
Fonte: Diário do Nordeste